sexta-feira, 5 de outubro de 2012

ADORAÇÃO A DEUS

Em que consiste a adoração?
- É a elevação do pensamento a Deus. Pela adoração o homem aproxima de
Deus a sua alma.
(“O Livro dos Espíritos” questão nº649)

A criatura sempre procurou contacto com o Criador. De infinitos
modos o homem lhe rende tributo, desde suas manifestações mais
primitivas de crenças que envolviam, inclusive, sacrifícios humanos.
O homem traz, pois, em sua alma, a certeza íntima da existência
de Deus. Este é um fato que, por si só, refuta toda e qualquer
argumentação em contrário dos incrédulos.
Através de oferendas materiais, o homem ansiava projetar-se na
direção da Divindade, e semelhante desdobramento espiritual
custou-lhe séculos de descondicionamento psicológico.
O Cristo ensinou à mulher samaritana que Deus deveria ser
adorado em espírito e verdade, e não havia como não há
necessidade de que o homem O procure nos templos ou nos montes.
A prece deve ser, portanto, a mais sublime manifestação do
sentimento, diálogo íntimo da criatura com o Criador, no qual –
Fonte inesgotável! – ele haure forças diretamente, sem que
ninguém lhe surja como intermediário no processo.
Deus tem tempo e ouvidos para cada um de seus filhos! Nenhum
suspiro lhe passa despercebido, nenhum apelo fica sem registro,
nenhum anseio permanece sem resposta...
A verdadeira prece é o exercício da introspecção. Teilhard de
Chardin escreveu quanto à necessidade do homem introjetar-se
para em seguida descentralizar-se unindo o seu Deus interno com o
Deus que existe em todas as criaturas. Essa filosofia do grande
místico jesuíta é idêntica à do Mahatma Gandhi, o apostolo Hindu
da não-violência.