sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

SANTIFICADO SEJA O TEU NOME

O apostolado de Jesus foi uma constante santificação do nome de Deus.
Por isso, o Mestre não se limitou a dizer «Santificado seja o teu nome», na
oração dominical.
Procurou, ele mesmo, louvar o Pai Celeste, distribuindo o contentamento e
a paz, com todos.
Se ele quisesse, poderia ter permanecido isolado, em algum lugar de sua
predileção, para viver em pensamentos sublimes, glorificando o Todo-Poderoso
com as suas meditações e com as suas preces, mas o Benfeitor Divino sabia
que a mais elevada maneira de santificar a Eterna Bondade é auxiliar os
outros, para que os outros também compreendam que Nosso Pai do Céu vive
interessado em nossa elevação e em nossa felicidade.
Assim entendendo, Jesus amparou os velhos e as crianças, os
necessitados e os doentes, os fracos e os sofredores, amando e ajudando
sempre.
Santificando as suas relações com Deus, espalhou a esperança e a
caridade na Terra, enriquecendo os homens de fraternidade e alegria.
Tudo o que temos, tudo o que vemos, tudo o que recebemos e sentimos
pertence a Deus, Nosso Pai, que tudo engrandece e aperfeiçoa, em nosso
benefício. Por essa razão, devemos lembrar que estaremos santificando o
nome de Deus sempre que estivermos realizando o melhor que possamos
fazer.