segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Serenidade

Ainda mesmo que o mal te golpeie transitoriamente o corarão, recorda os bens que te compõem a riqueza da saúde e da esperança, do trabalho e do amor, e rejubila-te, buscando a frente...
Tédio é deserção; pessimismo é veneno.
Encara os obstáculos de ânimo firme e estampa o otimismo em tua alma para que não fujas aos teus próprios compromissos perante a vida.
Serenidade em nós é segurança nos outros. O sorriso de paz é arco-íris no céu de teu semblante.
"Regozijai-vos sempre” – diz-nos o apóstolo Paulo.
E acrescentamos: - rejubilemos-nos em tudo com a Vontade de Deus, porque a Vontade de Deus significa Bondade Eterna.
(Emmanuel, do livro Palavras de Vida Eterna, F. C. Xavier)