quinta-feira, 29 de novembro de 2012

CONVITE À FIDELIDADE









“Mas o fruto do Espírito são a caridade, o gozo, a paz, a longanimidade,
a benignidade, a bondade, a fidelidade.”
(Gálatas: capítulo 5º, versículo 22.)




Ao sabor das emoções mudam de opiniões aqueles que não possuem
forças morais capazes de se fixarem nos ideais de enobrecimento.
Irrefletidos, aderem às idéias em voga sem mais acentuado esforço de
exame, de penetração, de amadurecimento. Sob estímulos novos, abandonam
convicções e atitudes, transferindo-se mui facilmente de comboio, com
preferência por aquele onde governa a insensatez.
Insatisfeitos aqui e ali em qualquer lugar, são instáveis emocionalmente.
Fidelidade! — eis o que escasseia nos diversos labores humanos.
Os ideais de elevação são sempre resistentes às transições e mutações
dos homens, tempos e circunstâncias.
Daí se conhecerem os verdadeiros homens através da resistência com que
sustentam os ideais, perseverando leais aos postulados abraçados, mesmo
quando outros os abandonaram.
Indubitavelmente, desde que maiores e mais amplos esclarecimentos são
conseguidos, pode o homem discernir com melhor acerto, sendo motivado a
novos investimentos como a novas buscas.
Fundamentado na razão filtra as idéias do passado, renova-as, e desde
que constate não resistirem ao escopro da lógica ou ao bisturi do bom-senso,
estriba-se em conceitos outros, melhor urdidos e mais apropriados com que
avança nos rumos do amanhã.
Ninguém pode viver realmente sem o estímulo e a sustentação de ideais
superiores.
São eles o dínamo que vitaliza o progresso, a alavanca bem montada que
impulsiona o ser e o mantém.
Antes que ruíssem impérios e civilizações, que tombassem vitimados pela
leviandade e arbitrariedade os grandes homens, os ideais que os mantinham e
estimulavam foram desprezados...
À medida que a volúpia desta ou daquela natureza, estruge no espírito
invigilante e o domina, as fileiras dos lidadores das causas humanitárias se
desfalcam.
Uns desertam por cansaço, dizem.
Outros fogem por saturação, explicam.
Diversos abandonam por falta de tempo, elucidam.
Alguns mudam para examinarem outros objetivos, justificam-se...
Sê fiel tu.
Abrasado pela fé, nas hostes espiritistas em que te encontras, ama, serve,
passa, fiel a ti mesmo e a Causa, seja qual for o tributo que te vejas forçado
pagar, devotado e leal até o fim.