terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Deus fala aos homens

Quando lemos sobre as vidas dos grandes missionários da Humanidade, muita vez nos surpreendemos com as suas intuições. Parece que, na calada da noite, Deus se acercava dessas criaturas e lhes falava, direcionando-lhes as ações do dia imediato.
Por isso, nos dias atuais de muita intranquilidade, em que o homem dá mostras de ter perdido a capacidade de arranjar tempo para reflexionar e meditar, nos perguntamos: Será que Deus ainda fala aos homens?
Soubemos de um jovem que compareceu ao estudo do Evangelho na residência de um casal amigo.
Ao se despedir, enquanto se dirigia para casa, em seu carro, começou  a desejar ouvir a voz de Deus. Inflamado pela leitura e comentários da noite, em torno do Evangelho de Jesus, desejava servir. Mas, como?
Então, pareceu-lhe ouvir uma voz que vinha de sua própria intimidade: Pare e compre um litro de leite.
O rapaz não deu atenção. A ordem se repetiu em sua mente. Ele sorriu:
Deus, é o Senhor? Muito bem, Deus. Caso seja o Senhor, comprarei o leite. Afinal, não é nada difícil.
Continuando no caminho de casa, ao passar por uma determinada rua, ouviu a ordem: Vire aqui.
O jovem hesitou. Que coisa estranha lhe estava acontecendo naquela noite. Seria tudo por causa do que estava pensando, após as palavras do Evangelho?
Isso é loucura! Falou para si mesmo. Mas decidiu obedecer.
A rua era uma área mista de comércio e residências. Não se podia dizer que era um local rico, mas também não muito pobre.
Os estabelecimentos comerciais estavam fechados. A maioria das casas estava com as luzes apagadas. Do outro lado da rua, uma casa de luzes acesas lhe chamou a atenção.
Vá e dê o leite para as pessoas daquela casa iluminada, escutou ele de novo.
Como vou chegar a uma casa estranha, bater e oferecer leite? Dirão que estou louco.
Decidido a obedecer, atravessou a rua, bateu à porta. Ouviu um barulho vindo de dentro, parecido com o choro de uma criança. A porta se abriu, antes que o jovem pudesse dar meia volta e sumir.
O homem que apareceu tinha um olhar estranho e não parecia feliz em ver um desconhecido na soleira de sua casa.
O jovem o olhou e entregou o leite. O homem, surpreso, pegou o produto. Entrou, chamando pela esposa.
Logo, uma mulher passou pelo corredor com o leite e foi para a cozinha. O homem a seguiu, segurando nos braços uma criança que chorava.
Depois, se lembrou do rapaz à porta e voltou:
Moço, nós temos orado muito. Estamos com muitas contas para pagar. O dinheiro acabou. O leite também. Pedimos, intensamente a Deus para mandar um anjo com um pouco de leite. Você é o anjo?
O jovem abriu sua carteira, tirou o dinheiro que tinha e o colocou nas mãos do homem.
Voltou-se, foi para o carro, enquanto as lágrimas corriam pela sua face.
*   *   *
Deus se manifesta assim. No íntimo das criaturas, na hora da meditação, no silêncio das madrugadas, no gesto anônimo que doa sem perguntar, que auxilia sem questionar.
Exatamente, como no dia em que nasceu Jesus, o Celeste Amigo, Deus continua a falar aos homens de boa vontade.
Felizes os que o escutam e realizam Sua vontade na Terra.

Redação do Momento Espírita com base no
texto
Deus fala com os homens? de
autoria ignorada.