segunda-feira, 18 de março de 2013

NO ESPLENDOR DO BEM

Abre o coração à luz do bem para que a luz do bem te clareie o caminho.

Qualquer criatura afeita à dominação no mundo enriquecer-se-a de ouro, mas somente aqueles que se entreguem à inspiração da bondade conseguem enriquecer o ouro terrestre da alegria e de luz.

No entanto, para que possamos realizar semelhante operação na química do espírito, é imperioso que a fraternidade infatigável nos aconselhe, orientando-nos a jornada.

Por isso mesmo, na exaltação da solidariedade, é necessário que nossa alma incorpore a si mesma a humildade e o amor, para que os nossos gestos consigam frutescer em talentos de felicidade real.

A moeda guardada no arquivo da sovinice cria a aflição e a intranqüilidade nas mãos que a sepultam no cofre do exclusivismo, mas aquela que se transforma na gota de leite para a criança subnutrida ou no remédio adequado para o doente é bênção de paz em apoio daqueles que a distribuem.

Dá-te ao trabalho constante em que o suor se te converta na fortuna indispensável a quantos te partilham a marcha, certificando-te de que a vida vitoriosa é aquela que oferece curso livre à distribuição dos valores da experiência e do amor ao próximo, a fim de que a saúde e a higiene, a educação e o conforto, o humanitarismo e a compreensão se façam patrimônio comum a todos os que cercam.

Recorda que a lama cultivada produz o pão que alimenta e não olvides que o espinheiro, em pleno deserto, com a simples visita do orvalho se veste com a flor que perfuma.

Onde estiveres, ampara e auxilia sempre, recordando Jesus, que, sem uma pedra onde repousar a cabeça, confiou-nos a todos o próprio coração, em forma de renúncia, no serviço incessante, enriquecendo-nos de paz e amor, ante a Vida Imperecível.
 
 

pelo Espírito Emmanuel - Do livro: Reconforto, Médium: Francisco Cândido Xavier.