quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

Dádivas de Deus

Você já se deu conta, alguma vez, de quantas pessoas já passaram por sua vida?
Já percebeu que algumas entram em sua vida por uma razão, outras por uma estação e algumas permanecem a vida inteira?
Quando alguém penetra em sua vida por uma razão, é geralmente para suprir uma necessidade que você demonstrou.
Esse alguém vem para auxiliá-lo numa dificuldade. Para lhe fornecer orientação e apoio e ajudá-lo física, emocional ou espiritualmente.
Tão importante se faz a presença dele que você acredita que ele é uma dádiva de Deus. E é.
Depois, um dia, da mesma forma que entrou em sua vida, assim também ele se vai.
Pode ir através da porta da morte ou simplesmente partir para outros lugares.
Mas a sua necessidade foi atendida e o trabalho daquela pessoa foi feito. As suas orações foram atendidas e agora é tempo de ir.
Por outro lado, existem pessoas que entram em sua vida por uma estação. É um período mais longo. Trazem a experiência da paz, da tranquilidade. Ensinam alguma coisa que você nunca havia feito antes.
Essas são a dádiva de Deus mais prolongada, manifestando-se em semanas e meses.
Permanecem com você por um período. Por vezes, são as que encaminham os seus primeiros passos na profissão e, tão pronto o conseguem, desaparecem das suas vistas. Mudam-se para outras estâncias, tomam outros caminhos e é possível que você nem mais as encontre nesta vida.
De outras vezes, são aqueles que amparam os anos da sua infância ou da sua juventude e tão logo percebam suas pernas firmes, as ações seguras, também se vão, deixando somente as marcas da sua presença no seu caráter: honestidade, honradez, perseverança.
Finalmente, existem os que penetram sua vida durante toda a sua duração, nesta Terra.
Esses ensinam lições para a vida inteira. Coisas que você deve construir para ter uma formação emocional sólida.
São irmãos que crescem com você e, mesmo depois de formarem seus próprios lares, continuam a realizar com você muitas coisas.
São pais que atravessam os anos, até a velhice, acompanhando os seus passos, incentivando sempre.
É o cônjuge que se transforma em parceiro das lutas mais acerbas e dos momentos mais doces.
Todos eles, os que chegam por uma razão, uma estação ou a vida inteira são as dádivas de Deus na sua vida. Saiba reconhecê-las e apreciá-las.
*   *   *
Você está mergulhado no oceano do amor de Deus. Todos os dias, gotículas Desse amor alcançam você, no sorriso do seu filho, no abraço do amigo, na palavra confiante de um colega, no incentivo de quem ama e confia em você.
Em sua vida, não deixe de olhar ao seu redor e descobrir essas preciosidades que Deus envia ao seu caminho por uns dias, uns meses ou até para além da morte.
São expressivas bênçãos de Deus, presentes da Divindade aos Seus filhos, mergulhados na carne, sempre carentes de cuidados e amor.

Redação do Momento Espírita com base no textoAmigos de circo, de autoria ignorada.