sexta-feira, 28 de março de 2014

Você parou para pensar?

Você parou para pensar que se o ar que você respira não fosse fornecido pelo nosso Pai Celeste, custaria muito caro? Possivelmente, alguma concessionária tomaria para si os direitos de distribuição e cobraria o que bem entendesse. E porque todos têm absoluta necessidade dele, teriam que pagar, como pudessem.
Em alguns dias, dada a inabilidade de alguém, poderia ocorrer uma pane e o ar ficar extremamente rarefeito, inadequado à respiração comum. Ou mesmo faltar, em algumas regiões, ocasionando sérios transtornos à vida na Terra.
Você parou para pensar que o Excelso Criador poderia ter feito tudo sobre a Terra em preto e branco? Pois é: não teríamos a elegância das madrugadas, o encanto das nuvens, o colorido do arco-íris, das auroras boreais e dos campos em flor.
Tudo seria monocromático. Com certa beleza, é verdade, mas incomparavelmente monótono, num suceder de branco, preto, branco.
Não teríamos como mergulhar nos olhos azuis, castanhos, cinzas, verdes, dos nossos amores.
Você parou para pensar quantos amanheceres você não assistiu porque estava dormindo? E quantos crepúsculos, por estar envolto em seus afazeres ou demasiadamente distraído?
Pois Deus, o Eterno Artista, não se incomoda. Ele providencia novos amanheceres, a cada desabrochar de dia. E para o encerramento, se esmera em extraordinários crepúsculos.
Tão espetaculares que os homens os fotografam, registram e realizam concursos para eleger o mais bonito pôr-do-sol.
Você parou para pensar na qualidade de certos quadros, que retratam determinadas figuras célebres? Você parou para pensar quão admirável é a Mona Lisa, exposta no Museu do Louvre, em Paris?
Contudo, o Pintor e Escultor maior produziu uma obra ainda mais extraordinária. Uma obra que, ademais, registra o decorrer dos anos em arabescos caprichosos e vai se colorindo ou descolorindo com o sol, a chuva, os ventos.
Basta que você se olhe ao espelho para descobrir: é você essa obra prima.
Você parou para pensar como o Jardineiro Divino tem um especial esquema de irrigação para a imensa natureza? Em certos períodos, providencia chuvas intensas, em outros, usa somente o regador para aguar as plantinhas, suave e delicadamente.
Você parou para pensar que nunca está sozinho, que sempre tem Deus por perto? Mesmo quando as nuvens se tornam escuras, parecendo prontas para desaguar em tempestade, mesmo quando os ventos sopram em tormenta.
Deus está sempre por perto, atento, somente esperando que você O descubra em sua intimidade e dialogue com Ele. Um bate-papo descontraído do filho para o Pai.
E, se prestar atenção, ouvirá a advertência: Meu filho, que parte de Isso não é correto, você não entendeu?
Dei-lhe o mundo todo de riquezas e oportunidades, para seu campo de trabalho e de gozo. Por que você fica encrencando com seus irmãos, em vez de ser feliz e crescer?
Por que você fica disputando um pedaço de terra se é herdeiro do Universo? Por que fica angustiado pela posse de bens perecíveis, quando lhe aguarda a imortalidade?
Finalmente, filho meu, não renuncie a mim. Coloque-se em minhas mãos e seja feliz.
Redação do Momento Espírita, com base no texto
Recadinhos de Deus, de autoria ignorada.