sexta-feira, 15 de julho de 2011

REFÚGIO

Quando a tempestade ruge,
Ele é o meu norte.
*
Se a noite cai,
Ele é a minha luz.
*
Quando choro,
Ele é o meu consolo.
*
Se estou solitário,
Ele me faz companhia.
*
Quando a ferida sangra,
Ele é o meu bálsamo.
*
Se caio,
Ele me levanta.
*
Quando me agito,
Ele me pacifica.
*
Se desisto da luta,
Ele é o meu incentivo.
*
Quando odiado,
Ele me ama.
*
Se me perseguem,
Ele me oculta do mal
E me ensina a perdoar.
*
Quando a melancolia me invade,
Ele me restaura a esperança.
*
Se me falta o pão,
Ele me alimenta.
*
Quando o frio me enregela,
Ele me alberga em seu peito.
*
Se estou feliz,
Ele é a minha alegria.
*
Por onde vou,
Eu O vejo.
Onde estou,
Eu O sinto.
*
Jesus
- o meu doce e terno
Refúgio de Paz.
(Psicografia: Francisco Cândido Xavier - Carlos A. Bacelli - Espírito: Alexandre de Jesus)
Nota nossa: Mensagem recebida por e-mail sem o nome do livro de onde foi retirada.